Mês de novembro no Jornal Casa Verde

Publicado por Gustavo em 29/11/2012 às 13h02

UFC

Aconteceram nesse mês duas edições do Ultimate Fight Championship que, certamente entrarão para a história. Na primeira delas, duas lendas em ação: o campeão mais novo que o UFC já viu (entre tantos outros títulos), Vitor Belfort, contra o atual dono do cinturão dos meio-pesados, Jon Jones. O brasileiro, que aceitou completar o card em cima da hora, representou muito bem o seu país, mas representou ainda mais o jiu-jitsu. Com a prerrogativa da família Gracie que consiste em “o mais fraco vencer o mais forte”, Vitor Belfort encaixou um armlock que arrancou o fôlego de todos que assistiam e quase arranca também o braço do americano. Por que será que a luta não acabou ali? Muitos dizem que Belfort amarelou, que ficou com medo de quebrar o braço do seu oponente. Já eu, penso que ele tentou com todas as suas forças, mas o adversário soube suportar a potência do golpe, mesmo arriscando uma grande lesão. Mérito do Jon Jones que mostrou toda a sua superioridade sobre o brasileiro; mérito também do brasileiro que aceitou o desafio acima da sua categoria e nos brindou com uma belíssima luta.

Já o outro brasileiro que sempre nos presenteia com show, não fez nada diferente dessa vez. Anderson Silva não notou a presença do seu adversário, o americano Stephan Bonnar. Gingando e passeando no octógono, difícil até de encontrar palavras para descrever o que eu assisti na terceira edição do UFC Rio. Gritos dos técnicos... “não fique no canto, sobe essa guarda, protege a joelhada...” nada disso serve para Anderson Silva. Ele simplesmente tem o seu jeito, único e indiscutível de lutar. Ficou ali, parado, esperando o americano acertá-lo, mas tudo isso em vão: logo ele acertou uma joelhada perfeita derrubando seu oponente.

Só nos resta agora aguardar que esses dois monstros do UFC aceitem se enfrentar. Penso que Anderson Silva tem técnica para bater o Jon Jones. Estamos aqui esperando... e eles? Será que vão encarar?!

 

Gustavo Almeida

 

Enviar comentário

voltar para Sobre o Jiu-Jitsu

left show tsN fwR uppercase b01s bdt|left tsN fwR uppercase b01s bdt|left show fwR uppercase fsN bsd b15w|bnull|||news login normalcase c05|fsN b01 bsd fwR c05 normalcase|b01 bsd normalcase c05|news login c05 normalcase|tsN fwR b01 bsd normalcase c05|b01 c05 normalcase bsd|content-inner||